A lenda da destruição part.1

tumblr_ldauxxPL3L1qcl7sto1_1280

  Olá pessoal, Tudo bem com vocês?Comigo esta tudo bem rsrs, ultimamente estou inspirada a escrever Historias, então decidi vir compartilhar esta historia com vocês, eu estou terminando de escrever ela, e esta ficando muito grande, então decidi compartilhar aos poucos, acho que ficara interessante também, espero que gostem e fiquem a vontade para perguntar ou sugerir idéias de posts para o blog ou idéias de historias eu amo escrever e ficarei honrrada em receber opiniões.

  “Andando nas ruas, perdido talvez, eu ainda não sabia o que significava aquela dor intensa na minha cabeça, apalpei a nuca e senti algo molhado, minha mão estava suja de sangue, me assustei, mas não desesperei, mantive a calma, precisava de um lugar para passar a noite, só me restavam alguns trocados e pouca munição, como eu iria fazer? andei a rua deserta com muita dificuldade, finalmente achei um lugar para me abrigar, era uma pilha de caixas, decidi me deitar e passar o resto da noite ali mesmo.

  Acordei junto com o nascer do sol, a claridade fazia meus olhos arderem, me levantei com muita cautela, pois sentia que aquele corpo estava esgotado, precisava achar roupas novas e cuidar dos meus ferimentos, mas não era tão fácil assim, os soldados estavam por todas as partes de Guinluila.Segui a rua vendo ate onde iria dar, e dei de frente com um portão enorme de grades, e cercas enormes que me separava de uma imensidão de verde, parecia um parque, e avistei um lago bem no meio das arvores, precisava beber um pouco de água e lavar aquele ferimento na nuca, mas os portões eram muito grandes, então decidi usar um dos meus poderes mais admirados que exigiu pouca força, juntei minhas mãos, e fechei meus olhos e apenas senti meu corpo se mover e aquelas grades romperem meus músculos e ossos, e pronto estava caído no chão porem, na parte de dentro das grades, dei um sorriso de leve e me levantei,aquela técnica não exigia muita forca, então foi fácil, mas eu poderia usar poucas vezes em apenas casos extremos, e sim, este era um caso extremo, eu estava faminto e com cede, segui uma estradinha pequena que tinha no meio das arvores, o lugar estava em tacto parecia ate um paraíso, mas sabia que não estaria seguro ali, ouvi um barulho e abaixei entre uns arbustros, era um soldado, não acredito que cercaram ate este lugar, mas claro o que tinha pensado, eles iram deixar este paraíso descoberto para qualquer um se esconder, mas este soldado estava sozinho, apenas ele e uma arma muito conhecida de matar os ferozes, mas o que eu iria fazer? Eu precisava chegar ate ao lago, me deitei na grama úmida, ele estava conversando pelo radio de comunicação “claro senhor, enviaremos um grupo de cinco soldados ate a ilha, eu com certeza gostaria de ajudar, mas estou tão ocupado, estou cuidando de algumas papeladas para o coronel” Eu poderia ter matado aquele infeliz ridículo, mas minhas forças estavam no zero, então decidi deixa para próxima, felizmente ele saiu da área e eu pude sair daquele meio de folhas, andei mais um pouco e senti que minha ferida na nuca já estava precisando ser cuidada, mas ali eu não acharia nenhum posto de medicação para me cuidar, se a arumi estivesse comigo eu poderia já estar em minha forma normal e já teria sido curado, mas não vou ficar me remoendo, eu sei que não a verei mais.

 Finalmente cheguei ao lago, tirei meus acessórios de guerra e minha camisa e me saboreei daquela preciosa água, depois de me limpar e cuidar do ferimento peguei minhas coisas e voltei para a estrada, me sentia um pouco mais forte mas o ferimento estava piorando, no caminho encontrei uma arvore com algumas frutas, eu não sabia o que era,mais estava com tanta fome que acabei pegando duas e me deliciando, nunca passei por estas situações de ficar sem comer, mas já esperava que passar por isso, ate porque sou um soldado das tropas de classificações, (As tropas de classificação e uma tropa de treinamento que praticamente da a própria vida para entrar nas tropas de aventuras e investigações).

Estava andando quando ouvi passo…

Autora:Naiara G.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s